Certos medicamentos para pressão alta podem bloquear a invasão do câncer

06/02/2017 10:10

Imagem de microscopia de alta resolução de uma célula invasora de câncer de mama (magenta) que expressa os “dedos pegajosos” contendo miosina-10 (verde) Foto: Guillaume Jacquemet / Universidade de Turku/Divulgação

Pesquisadores da Universidade de Turku, na Finlândia, identificaram uma nova forma de bloquear a propagação do câncer. Bloqueadores de canais de cálcio, que são usados para diminuir a pressão arterial, bloqueiam a invasão do câncer de mama e pancreático inibindo estruturas celulares.

A equipe de cientistas descobriu que os bloqueadores de canais de cálcio podem efetivamente parar a invasão de células cancerígenas in vitro, isto é, em cultura de tecidos fora do corpo humano. Os bloqueadores de canais de cálcio são normalmente utilizados para tratar a hipertensão, também conhecida como pressão alta, mas o seu potencial uso no bloqueio de metástases de células cancerígenas nunca foi relatado anteriormente.

O câncer mata devido à sua capacidade de se espalhar por todo o corpo e formar metástases. Por isso, o desenvolvimento de fármacos que bloqueiam a capacidade das células cancerosas de se disseminar é um importante caminho para o tratamento anticancerígeno. O desenvolvimento de novos fármacos, no entanto, é um processo muito longo e caro e muitas drogas promissoras, quando chegam a ser testadas em pessoas, acabam sendo abandonadas devido à toxicidade inesperada e efeitos secundários. Assim, encontrar novos alvos para drogas que já estão em uso para tratar outras doenças, ou seja, reaproveitamento de drogas, é uma área emergente no desenvolvimento de terapias anticâncer.

Dedos pegajosos

Durante vários anos, a equipe de pesquisa do Centro Turku de Biotecnologia concentrou seus esforços no entendimento de como as células cancerosas se movem e invadem o tecido circundante. A equipe identificou que a propagação agressiva das células cancerosas dependia da expressão de uma proteína chamada miosina-10, que permite a motilidade das células cancerosas.

Os cânceres que expressam miosina-10 têm um grande número de estruturas chamadas filopódia. Essas filopódias são como dedos pegajosos que as células cancerosas estendem para sentir o seu ambiente e para navegar.

Parando a metástase

A identificação de medicamentos anti-hipertensivos como possíveis agentes contra a metástase do câncer de mama e câncer de pâncreas foi uma grande surpresa. Os alvos dessas drogas não eram conhecidos em células cancerosas e, portanto, ninguém tinha considerado a possibilidade de que estas drogas poderiam ser eficazes contra tipos agressivos de câncer, afirmaram os pesquisadores.

A equipe descobriu que os fármacos bloqueadores dos canais de cálcio se ligam especificamente a esses dedos pegajosos tornando-os inativos, bloqueando eficientemente o movimento das células cancerígenas. Isso sugere que eles podem ser medicamentos eficazes contra a metástase do câncer. No entanto, nesta fase muito mais trabalho é necessário para avaliar se estas drogas seriam eficientes contra a progressão do câncer em pacientes.

A equipe e seus colaboradores estão atualmente avaliando a eficiência dos bloqueadores de canais de cálcio para parar a propagação do câncer de mama e pancreático usando modelos pré-clínicos em animais de laboratório, para posteriormente testarem em humanos com segurança.

Os resultados foram publicados no jornal Nature Communications em 2 de dezembro de 2016.

 

Carlos Rogério Tonussi